(41) 3077-4455 | (41) 9 9984-2820 contato@exaltpsicologia.com.br

PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO

Clínica Psicológica Curitiba

A Exalt Psicologia conta com uma equipe de profissionais qualificados para atendimento Clínico Psicológico, em ambiente amplo e agradável.

Problemas de Relacionamento

Clinica Psicológica Curitiba

Problemas de Relacionamento

Relacionamentos, em especial os com parceiros adultos íntimos e os pais/cuidadores, têm forte impacto na saúde dos indivíduos envolvidos. Relações disfuncionais podem prejudicar a saúde mental das pessoas. Em um extremo, esses relacionamentos podem ser associados a maus-tratos ou negligência, com consequências médicas e psicológicas significativas para a pessoa afetada.

CLÍNICA DE PSICOLOGIA EM CURITIBA, PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO

Clinica Psicológica Curitiba

Problemas de Relacionamento

Problemas de relacionamento podem afetar ou ser determinantes para o desencadeamento e/ou agravamento de sintomas, afetando consideravelmente a qualidade de vida do indivíduo, portanto, em muitos casos, recomenda-se intervenções psicológicas apropriadas.

Fonte: AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. DSM-5: manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014. 992p.

Clínica Psicológica Curitiba

A Exalt Psicologia conta com uma equipe de profissionais qualificados para atendimento Clínico Psicológico, em ambiente amplo e agradável.

Problemas de Relacionamento

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Clínica psicológica Curitiba

(41) 3077-4455

(41) 99984-2820

contato@exaltpsicologia.com.br

Sua qualidade de vida é a nossa inspiração! Clínica psicológica Curitiba.

Problemas de Relacionamento

Clínica Psicológica Curitiba

FAQ - DÚVIDAS FREQUENTES

O que é um Transtorno de Ansiedade?

Um transtorno de ansiedade é caracterizado por sentimentos de nervosismo, apreensão, pânico e/ou dúvida em resposta a estressores reais ou percebidos. Enquanto todos experimentam ansiedade ou nervosismo de vez em quando, um transtorno de ansiedade é uma reação persistente e às vezes esmagadora que causa angústia e afeta as atividades do dia-a-dia.

Existem diferentes tipos de transtornos de ansiedade?

Sim. Entre os mais comuns estão:

  • Transtorno de ansiedade generalizada, que ocorre quando uma pessoa se preocupa excessivamente ou experimenta ansiedade sem um estressor óbvio.
  • Transtorno do pânico, que é caracterizado por ataques súbitos e repetidos de medo ou pânico, ou um pavor persistente de um ataque repetido de ansiedade.
  • Transtorno de ansiedade social,  que é ansiedade ou sensação de desconforto quando está perto de outras pessoas em uma situação social, muitas vezes acompanhada de autoconsciência e medo de ser julgado.
  • As fobias específicas, que às vezes começam na infância ou como resultado de uma experiência assustadora, são um medo ou reação irracional grave a situações ou objetos específicos (por exemplo, medo excessivo de voar ou medo extremo de aranhas).

O que causa um transtorno de ansiedade?

Os transtornos de ansiedade podem resultar de uma variedade de fatores, incluindo genética, química cerebral, personalidade e eventos da vida. Independentemente da causa, ansiedade e transtornos de ansiedade são altamente tratáveis, mas apenas cerca de um terço dos pacientes que sofrem de ansiedade procuram ajuda profissional.

Como os médicos da clínica tratam os transtornos de ansiedade?

Nossos médicos usam uma variedade de abordagens e geralmente descobrem que os melhores resultados são alcançados ao usar uma combinação de abordagens de tratamento. Estes podem incluir: psicoterapia, administração de medicamentos, treinamento de relaxamento, redução do estresse, biofeedback, atenção plena e técnicas de visualização. Também temos médicos especialistas em terapia cognitivo-comportamental (TCC) e terapia de aceitação e compromisso (ACT), que estão entre as modalidades de tratamento psicoterápico mais utilizadas e bem-sucedidas para a ansiedade.

O que é Depressão?

A depressão é um transtorno de humor comum que pode afetar negativamente os sentimentos, pensamentos e comportamentos de uma pessoa. Estima-se que 7% da população adulta e 8% dos adolescentes neste país sofrem de algum tipo de depressão. A gravidade e as experiências específicas diferem de pessoa para pessoa, mas para a maioria, os sintomas incluem: sentimentos de tristeza, choro, ansiedade, agitação, problemas para dormir muito ou pouco, perda de interesse em atividades prazerosas ou mudança no apetite. Se não for tratada, a depressão pode piorar e muitas vezes é acompanhada por pensamentos e sentimentos de que a vida não vale a pena ser vivida.

O que causa a depressão?

Assim como a ansiedade, a depressão é complexa e pode ser causada por vários fatores, incluindo: vulnerabilidade genética, química cerebral, eventos estressantes da vida, problemas médicos, desequilíbrios hormonais (como depressão pós-parto) e problemas de relacionamento. Pesquisadores identificaram genes que tornam os indivíduos mais suscetíveis à depressão.

O que é TDAH?

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) afeta a capacidade de uma pessoa de se concentrar e permanecer composta e tocada por um longo período. Aqueles que têm TDAH podem se sentir hiperativos e ter dificuldade em controlar seu comportamento. O TDAH é diagnosticado com mais frequência na infância, embora pessoas de todas as idades possam sofrer dessa condição.

Por que o TDAH é difícil de diagnosticar?

Ao contrário de muitas condições médicas, o TDAH não pode ser diagnosticado por coleta de sangue ou solicitação de uma ressonância magnética. Em vez disso, os profissionais de saúde confiam nos sintomas relatados pelo paciente ou em tipos específicos de testes cognitivos para avaliar a função cerebral. A Clínica oferece testes neuropsicológicos que podem fornecer informações precisas sobre o funcionamento do cérebro e problemas de atenção. Os sintomas de TDAH podem incluir: 

 

  • Dificuldade em prestar atenção
  • Procrastinação
  • Ficar entediado facilmente
  • Dificuldade em concluir projetos
  • Dificuldade em aprender algo novo
  • Ser facilmente distraído e esquecido
  • Não ouvir quando alguém está falando
  • Contorcendo-se ou inquietação frequente
  • Precisando estar em constante movimento
  • Dificuldade em participar de atividades silenciosas
  • Falando sem parar
  • Desfocar palavras ou comentários impróprios
  • Interromper outros
  • Dificuldade em controlar as emoções
  • Interromper outras conversas com frequência

O que é insônia?

A insônia é definida como dificuldade em adormecer ou permanecer dormindo, ou uma incapacidade de obter um sono reparador reparador, mesmo quando há ampla oportunidade de fazê-lo. A insônia pode ser um distúrbio grave e complexo, mal compreendido por muitos pacientes e profissionais de saúde. A insônia pode ser aguda (com duração de vários dias) ou crônica (com duração de semanas a décadas). Pode ter efeitos devastadores na sua capacidade de lidar fisicamente, mentalmente e emocionalmente com os estressores do dia a dia. A insônia pode afetar qualquer pessoa (homens, mulheres, crianças, adultos jovens e idosos) em qualquer fase da vida, incluindo: adolescência, parentalidade precoce, meio de carreira, menopausa ou aposentadoria.

Quando o tratamento para a insônia deve ser procurado?

Se você teve várias noites, semanas, meses ou anos de sono interrompido ou não reparador, o tratamento focado no sono pode ser benéfico. Se você se preocupa durante o dia, à noite ou à noite sobre se conseguirá dormir, é hora de procurar ajuda.

Por que uma boa noite de sono é tão importante?

A falta de sono adequado pode levar a uma série de consequências indesejadas e insalubres. Esses incluem:

  • Fadiga diurna/baixa energia
  • Dificuldade de concentração
  • Problemas de memória de curto prazo
  • “desaceleração” cognitiva
  • Humor deprimido ou ansioso
  • Irritabilidade
  • Aumento do risco de doenças médicas, como: obesidade, doenças cardiovasculares e dor crônica.

Quais são as razões mais comuns para conflitos familiares e de relacionamento?

Os conflitos familiares e de relacionamento podem surgir por vários motivos, incluindo: falta de comunicação, preocupações com finanças ou lidar com um vício ou um problema crônico de saúde. O conflito entre parceiros românticos também pode ocorrer quando: criar um filho desafiador, sentir-se sexualmente desconectado, enfrentar desafios na carreira ou navegar em relacionamentos familiares estendidos. Quando casais ou famílias estão em conflito, geralmente desenvolvem e depois repetem padrões inúteis envolvendo: culpa, crítica e defesa. Nosso objetivo é ajudar nossos pacientes a identificar esses padrões inúteis e, em seguida, desenvolver novos padrões que facilitem a intimidade e a conexão.

 

O que acontece durante uma sessão de terapia de casal ou familiar?

Durante a terapia de casal ou familiar, também chamada de aconselhamento de relacionamento ou casamento, você e seu parceiro aprenderão a ver as partes vulneráveis ​​um do outro e começarão a tê-las em mente, abrindo espaço para suas experiências emocionais e necessidades de relacionamento. A comunicação é crucial e você aprenderá a se tornar melhor ao ouvir e expressar sua experiência autêntica. A terapia eficaz de casal ou família também procura iluminar os pontos fortes do relacionamento ou da família e desenvolver um vínculo e resiliência mais profundos como equipe. 

 

Quais são as razões mais comuns para conflitos familiares e de relacionamento?

Os conflitos familiares e de relacionamento podem surgir por vários motivos, incluindo: falta de comunicação, preocupações com finanças ou lidar com um vício ou um problema crônico de saúde. O conflito entre parceiros românticos também pode ocorrer quando: criar um filho desafiador, sentir-se sexualmente desconectado, enfrentar desafios na carreira ou navegar em relacionamentos familiares estendidos. Quando casais ou famílias estão em conflito, geralmente desenvolvem e depois repetem padrões inúteis envolvendo: culpa, crítica e defesa. Nosso objetivo é ajudar nossos pacientes a identificar esses padrões inúteis e, em seguida, desenvolver novos padrões que facilitem a intimidade e a conexão.

 

Um relacionamento precisa estar em crise para se beneficiar da terapia de casal?

De jeito nenhum. Pelo contrário, quando frustrações ou sentimentos de ser mal compreendido ou não apreciado são esclarecidos e abordados no início de um relacionamento, um casal pode se poupar de anos de conflito e sentimentos de desconexão. Nossos terapeutas de casal geralmente trabalham com casais recém-relacionados, ajudando-os a decidir se o relacionamento é sustentável e apoiando-os no desenvolvimento de formas positivas e conectadas de relacionamento.

Há muitos benefícios de trabalhar com um terapeuta de casal qualificado, incluindo:

  • Entender melhor um ao outro e as necessidades de apego/relacionamento um do outro
  • Aprender a compartilhar os aspectos mais vulneráveis ​​de si mesmo uns com os outros
  • Desenvolvendo uma conexão mais profunda e íntima
  • Desenvolver estratégias eficazes para resolver desacordos inevitáveis
  • Desenvolver e sustentar uma vida sexual ativa, íntima e apaixonada
  • Melhorando as habilidades de comunicação
  • Desenvolvendo habilidades eficazes de co-parentalidade

Em qualquer relacionamento próximo, o conflito e a desconexão são inevitáveis. Construir um apego significativo, conectado e estimulante com o parceiro leva tempo e esforço. A luta para estar perto mantendo sua independência e autonomia pode ser difícil. Através da terapia de casal, você e seu parceiro podem estabelecer uma confiança renovada, uma conexão/vínculo mais profundo, uma interdependência saudável e respeito pelas necessidades um do outro.

 

SKU: PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO ALTO DA XV Categoria: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Abrir bate-papo
1
Olá!
Como podemos ajudar?